Um ponto, um conto.

by 21:46
today is a good day to die


 Um dia uma garota, um tanto jovem, pensou não mais servir neste mundo. Ela estava cansada de tudo e até mesmo sem esperança e pensou em seu fim, com a faca no pulso - inocentemente - pensou que iria resolver tudo, passou de leve e pensou "Agora é hora de ir mais fundo." e pela primeira vez a insegurança e o seu medo lhe serviu.  
  Em outro dia, a mesma garota, pensando novamente em seu suicídio perguntou por um instante a alguém que ela deixaria para trás, a quem daria um alívio - ou um fardo. 
- Mãe, o que você acha de pessoas suicidas? 
  E mais um dos seus defeitos lhe foi útil - mania de se preocupar com opinião do próximo a seu respeito. 
- Acredito que são pessoas que não tem fé em Deus. 
  De forma simples sua mãe continuou sua tarefa, como se nada tivesse acontecido, mal sabia dos pensamentos de sua filha - enquanto ela atordoada acabara de tomar um soco no estômago. Voltou para o sofá e ficou sentada pensando entre seus conflitos. 
"Epa... Mas eu confio em Deus."
"Eu tenho fé!" 
   Ela pensava que confiava em Deus. Ela pensava que sabia as coisas da vida. Ela pensava que não havia esperança para ela, mas havia, ela pensava que era inútil, mas no seu fim do túnel ela encontrou uma Luz. 

"Antes eu te conhecia só por ouvir falar, mas agora eu te vejo com os meus próprios olhos." (Jó 42:5) 

@nicksfun

* Baseados em fatos reais. 

(Obrigada Espírito Santo) 



Paradoxal.

by 00:44
Esse ano passou rápido X Esse ano passou devagar. 

     Acredito que o ano passou rápido, mas a quantidade de coisas que ocorreu nele o fez parecer devagar. Sim, isso é uma retrospectiva do ano de 2013. O ano divisor de águas. 

 Esse ano, não vou mentir a ninguém, comecei com o pé esquerdo. Tudo que acontece ao seu redor, inevitavelmente você é atingido, mas vamos lá. Janeiro passou depressa e paradoxalmente, com encontro e desencontros e boas noticias. Fevereiro, volta às aulas com direito a sessão nostalgia  (conheci: Gilmar e Regina) - e já no fim do mês o falecimento de minha vó, tristeza - e mais uma vez nostalgia - o que me fez sentir falta de um pedacinho de mim e amadurecer outro. Março, o Brasil despediu-se de Chorão, de modo bruto e imaturo faleceu em seu prédio, minha irmã ficou mais velha, me inscrevi no intercâmbio. Abril, começa a sessão: "Pedro, help me!" (Hosanna e Isabela também!). Maio, prossegue o intercâmbio e tudo que envolve em seu redor e inicia-se as rodadas: almoço todo mês e participei do flashmob e evangelização na rodoviária e em frente a um shopping de Salvador. Junho: finalmente conheci o meu coach e o quão gente bom ele é - peguei Comunicação Visual nos cursos e Vincentinos - go, go!!!. Julho, descobri que é possível se apegar a alguém durante um mês: hora de dar tchau, choro e mais choro e ganhei uma priminha e party de Wesley. Agosto: Começa o curso. Setembro: 18 anos!!!! e fui escolhida no concurso "Literatura" do colégio. Rumo à Cachoeira. Aniversário da igreja. Outubro: Participei do Flica e comecei a usar óculos. Novembro: Jejum e Fériasss!!! (Fim de SESI), lágrimas e lágrimas.. Passei em química! Vamos gritar. Natália começou a trabalhar. Muchachos é TRIcampeão! Dezembro: Fim do 1º semestre no curso! Reencontro! (23/12) e também no dia 23 o falecimento de minha prima.

  Em 2013 foi o ano que estreitou as relações, conheci gente nova, mas me aproximei das ""antigas"". Tive a oportunidade de mensalmente ter um momento de """"comenhão""" com as meninas do Casa de Davi - momentos de edificação e nos conhecermos um pouco mais. Com o intercâmbio tive não só o "estreitar" das relações, mas também tive que enfrentar meus probleminhas (Pedro que sabe!), acredito que amadureci em algumas questões e percebi que tenho que ralar duro em 2014 para fazer diferente (#partiu).

  Agradeço muito a Deus porque 2013 foi um ano especial. Chorei, tive minhas "crises" bobas, mas eu ri. Eu pude abrir a boca e dizer "Eu tenho amigos - e duas filha (hahaha)", pude sorrir e pensar que no outro dia seria melhor - e foi, pude me comportar como se tivesse 2 anos e depois reconhecer os meus erros - pois a vida é isso... Enquanto há vida, há arrependimento. Ah, 2013 tem uma pitada enorme de saudades e paradoxos - claro - e arte. Em 2013 (calma, esse é o último! hehe) pude aumentar minha fé e vê a misericórdia e a fidelidade de Deus sobre mim - mais uma vez!

E claro, não poderia faltar: fotos.

 ♥ (minha cara = sono.) 


resume-se em: inspiração.

Tchau, SESI... Opa, saudades. MEU JOTA! (:/)
Não gostei dessa foto, massss... Cachoeira - Flicca 2013

Barbie, Bree, Mimika e John. MEU GRUPO! (possessão nível 1000!)
Por ande andei. 
My coach... You're rock, Vince! ♥♥ (Vincentinos, goooo!!!)
PENIEL - Encontro com Deus 2013. 
FLASHMOB (Desperta Salvador, Jesus vem aí!) 
"Comenhão" - (Koinonia)

(FLASHMOB - SALVADOR) 

TOP 5 - POSTS. 

Utopias.

Pessoas que não foram citadas, mas um breve "obrigado":

Tânia - e com isso Jonas, Becc e Cego! 
Patrícia - obrigada ponte, digo Ênedy. 

* Desnecessário agradecer ao Jota, as meninas do Casa de Davi e o Peniel! 

(Exagerei na quantidade de fotos, mas foi inevitável, desculpa.)
Tentei resumi ao máximo o meu ano pra guardar no meu baú. ♥
@nicksfun

OBRIGADA ESPÍRITO SANTO.

Saga: sentir. (nota)

by 23:41


- Está se sentindo melhor? - perguntou. 
- Não - murmurou o Isaac, o peito inflando por causa da respiração ofegante. 
- Esse é o problema da dor - o Augustus disse, aí olhou para mim. - Ela precisa ser sentida. 

A CULPA É DAS ESTRELAS



OES

Desculpas

by 03:47
Diz o que você quer me dizer
Explique o seu modo de ver
O seu problema
Sei, não e fácil reconhecer
Assumir, sem nada a dizer
Que você errou
Quando o "mas" vira uma desculpa (2x)
Já é tempo de ver
(Quando o "mas" vira uma desculpa )
O erro de não reconhecer...
Há dois caminho a seguir
O remorso que Judas sentiu
E que o matou

Se arrepender
O caminho que fez Pedro ver
O poder do perdão de Deus
Que o libertou


Quando o "mas" vira uma desculpa (2x)
Já é tempo de ver
(Quando o "mas" vira uma desculpa )
O erro de não reconhecer
Ver que é tempo de aprender
Ouvir a quem nunca te deixou.
Desculpas - Oficina G3
   Se há vantagens em fazer "viagens" de 3h diariamente, uma delas é ficar escutando música no caminho e refletindo sobre a vida. Que ao pecar não venhamos de "mimimi" cheio de de mas, mas, mas,  no entanto venhamos reconhecer o que em nós foi corrompido, venhamos pedir perdão e ânsia de um nova posição em relação aos fatos. Enquanto há vida pode haver mudança. 

OES

Era uma vez.

by 03:38
  Madrugadas vazias são cheias de oportunidades. Nesta fiz uma básica sessão de OUAT (Once Upon a Time), e preciso me adiantar, pois ainda falta muitos capítulos p'eu alcançar a temporada, mas esta é outra história.... Tornou-se pedra a menina que um dia foi flor. 
Once Upon a Beautiful Cast | via Facebook
LINDOS! <333 (Personagens do seriado)

   A questão é: O capítulo o qual estava assistindo, 2x16, me fez refletir - e é sobre está reflexão que quero descrever, espero ser objetiva. Snow White, ou Branca de Neve, dentro do seriado tem a sua marca principal, assim como todos os heróis: Ela é indescritivelmente um ser dócil, que ama os animais, acredita no amor, que tudo pode se resolver e acima de tudo que o bem sempre vence. Snow tem a sua bela família constituída por Emma, Charming, Henry - e mais alguns agregados que chegam em torno da série -, no entanto nem sempre foi assim, a amável Snow já teve mãe, pai e uma empregada a qual cuidou dela e que tornou-se a sua segunda mãe. Contudo em um vai e volta do seriado nossa querida personagem perde a muitos que ama, e sem contar que ela é perseguida quase todo o tempo. É válido lembrar que a pobrezinha não só perde nessa história, inúmeras vezes ela ganha - inclusive um romance de tirar o fôlego o qual comprova em todo tempo o poder do amor -, mas suas perdas sempre são dolorosas, os rompimentos sempre tem alguma ligação com Cora ou Regina (o que dá no mesmo, pois Regina é filha de Cora e sempre tem um dedo dela atrás da história.) e como diz o ditado: pedra dura tanto bate até que fura. No ápice de sua revolta Snow pede vingança, não qualquer vingança, ela quer sangue, ela quer morte, cansou de perder quem ama, chegou a hora dela revirar a situação e proteger o que restou de seus entes. Charming - seu marido - a segura e tenta impedi-lá usando argumentos adequados, e de maneira mais fofa possível. 
- Snow, não faça isso, irá se arrepender. Você tem o coração mais puro que conheço, por favor. (e coisas que não me lembro mais.)
  Mas o ódio quando consome um coração tem o poder de cegar e assim ela ficou. 
  
 Podemos parar por aqui, neste capítulo mais do que nunca eu me enxerguei e enxerguei o mundo também. Snow cansou de ser boa no meio onde só se feria, não quis mais curar, ela simplesmente cansou, pois parecia que só perdia. Quantas vezes nos sentimos assim? Sejamos francos, quantas vezes no meio da nossa luta diária contra o nosso eu sentimos que só perdemos? Para quê tentar ser honesto se o meu amigo que é desonesto sempre parece estar bem e ter tudo? Porque insisto em ser gentil com o as pessoas se nunca recebo nada em troca? Na verdade parece que o mundo abusa da bondade das pessoas para pisa-las. 
 No mundo onde dinheiro significa poder e onde poder parece ser tudo o olho por olho e dente por dente é valorizado. Ser desonesto faz você ganhar o jogo, faz cantar "WE ARE THE CHAMPIONS" na frente de todos. Mentir, óh! Mentir nunca sai de moda e te faz ganhar as melhores medalhas e as melhores posições.. Aqui, somente aqui, no final tudo isso é mais vazio do quem uma bexiga. A vingança nunca alimenta, usar as mesmas armas as quais você luta contra é torna-se pior do que elas. 
  Ainda temos um coração, graças a Deus, poucos ainda tem caráter e agir de modo anti-ético só fere a nós mesmos, na tentativa de sujar alguém nós sujamos as nossas próprias mãos. Quando estamos com ódio nunca percebemos isso, mas pare e pense se não é verdade. 
  Na luz da bíblia poderíamos analisar Salmo 73 e fim, no entanto podemos ir um pouco além disto. Inicialmente em Romanos 12:2 a mensagem é mais do que clara: 

"e não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que proveis qual é a boa, agradável e perfeita vontade de Deus." Romanos 12:2

 O mundo está com os seus dias contados, muita gente boa tem se rendido e cedendo ao lado negativo. Traição, mentira, matança, ódio, prostituição, a falta de amor tem sido expansivo... Não precisa nem parar pra pensar e enxergar que isto é verdade, afinal a Bíblia diz em 1 João 5:19 que o mundo jaz do Maligno, mas no versículo acima retrata: Não vos conformeis. 
  Não podemos nos render aos padrões que nos é oferecido, mas precisamos amostrar o jeito antigo e bom das coisas. Um jeito limpo de se viver o qual é a vontade de Deus. É necessário permanecer no que é correto, no que acreditamos, aos princípios bíblicos. 

Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões penetram e roubam; mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consomem, e onde os ladrões não penetram nem roubam; Mateus 6:19-20
   
  Há algo superior a este mundo, há uma visão maior. Além de nos corromper com a nossa ambição aqui para certos fins ela só nos fará correr atrás do vento como Eclesiastes diz de forma abundante, nos preocupemos com as coisas dos céus, nos preocupemos com coisas eternas.

E por fim, Salmo 73, o qual descreve um homem que quando olha para os maus quase perde a confiança em Deus, pois parece que para eles tudo sempre dá certo de modo memorável. 
Quanto a mim, os meus pés quase tropeçaram; por pouco não escorreguei.
Pois tive inveja dos arrogantes quando vi a prosperidade desses ímpios.Eles não passam por sofrimento e têm o corpo saudável e forte.Estão livres dos fardos de todos; não são atingidos por doenças como os outros homens.Salmos 73:2-5
E ele continua falando sobre a vida que os ímpios levavam: 
Do seu íntimo brota a maldade; da sua mente transbordam maquinações.

Eles zombam e falam com más intenções; em sua arrogância ameaçam com opressão.
Com a boca arrogam a si os céus, e com a língua se apossam da terra.  Salmos 73:7-9
Os maus são assim: eles têm muito e ficam cada vez mais ricos. Salmos 73:12 
E ele desabafa quando diz que parecia que não tinha adiantado ele se manter puro, ele abre o coração dele. 
Certamente foi-me inútil manter puro o coração e lavar as mãos na inocência,pois o dia inteiro sou afligido, e todas as manhãs sou castigado. Salmos 73:13-14
Mas este homem quando ele para tentando entender as coisas e quando vai ao Templo ele volta a si. 
Então eu me esforcei para entender essas coisas, mas isso era difícil demais para mim. Porém quando fui ao Templo, entendi o que acontecerá no fim com os maus. Salmos 73:16-17
E no versículo 20 ao 28 o Salmista começa a revelar aquilo que nos importa verdadeiramente: 
"Quando te levantas, Senhor, tu não lembras do maus pois eles são como um sonho que a gente esquece quando acorda de manhã. O meu coração estava cheio de amargura, e eu fiquei revoltado. Eu não podia compreender, ó Deus; era como um animal sem entendimento. No entanto, estou sempre contigo, e tu me seguras pela mão. Tu me guias com os teus conselhos e no fim me receberás com honras. No céu, eu só tenho a ti, e, se tenho a ti que mais poderia querer na terra? Ainda que a minha mente e o meu corpo enfraqueçam, Deus é a minha força, ele é tudo o que sempre preciso. Os que se afastam de ti certamente morrerão e tu destruirás os que são infiéis a ti. Mas, quanto a mim, como é bom estar perto de Deus! Faço do SENHOR Deus o meu refúgio e anuncio tudo o que Ele tem feito." (Salmo 73:20-28) 
Quando o salmista pensou e entrou na Presença de Deus ele obteve uma nova visão das coisas. Ás vezes cansamos de fazer bem porque olhamos para essa pessoa e aquela outra, sabe aquele ditado: Faça o bem sem olhar a quem? Ele é verdadeiro. Faça as coisas olhando para a Cristo como se tudo que você fizesse fosse para ELE! (Leia também Colossenses 3:17, Hebreus 12:2). Ao andar sobre as águas Pedro começou a submergir, pois havia tirado os olhos de Cristo, quando Deus sai - mesmo que de mansinho - do nosso campo de visão as coisas começam a ser turvas e como os olhos são a luz para o corpo quando olhamos para coisas maus o nosso corpo fica cheio de escuridão (MT 6:22-23)

Quando nos preocupamos com coisas eternas, as terreneas não são tão importantes - elas perdem o brilho. Termino por aqui e espero que vocês pensem nisso, de verdade, não se corrompa porque o seu vizinho se deu bem com toda a corrupção. Jesus é a luz do mundo! Não parece, mas ainda há esperança. Não pague na mesma moeda, pois a vingança é um abismo: Libere o perdão e procure viver de modo diferente. Seja sal e luz. 

"Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida."João 8:12

Mesmo que você não enxergue agora saiba que valerá apena manter-se firme diante as tentações em se render ao mundo. 

Um beijo, @nicksfun! 

* É válido ler todo o Salmo 73. Aqui

(Obrigada Espírito Santoo! *---*) 

Tchau, tchau...

by 04:00

 O conhecimento liberta, já dizia Platão e a sua teoria da Caverna a qual tanto amo, mas tenho preferido ficar presa, presa em vocês e em nossas histórias, pois tenho fugido do conhecimento... O conhecimento que explica que estar se findando, que vencemos esses anos de Ensino Médio e de todo o stress, somos campeões e o troféu é alcançar nossos sonhos em diferentes locais. Repito o que já tenho dito: não consigo achar as palavras certas pra dizer o que sinto sobre vocês, o que me resta é sentir, é abraçar e ficar concentrada no abraço até absorver as lágrimas na camisa de alguém, o que me resta é olhar pra cada um e ficar pensando o que aconteceu com ela, e automaticamente com todos nós, nesse período. 
2º ANO.
   Quem repetiu entenderá o que estou dizendo, valeu apena, inicialmente não, pois passar por tudo de novo não é uma experiência lá interessante, mas vocês fizeram isso ser de modo diferente. Valeu apena! Entrei de uma forma diferente da qual saio, pode ter certeza, pois agora um pedaço meu foi tirado e outro novo colocado - como diz Exupéry - e esse meu novo lado é vermelho e branco, é cheio de garra e com um senso de humor enorme, entendo um pouco mais sobre a simplicidade desta vida. 
1º ANO
    Sentirei saudades de chegar em casa cansada, mas com um sorriso ponta a ponta, sabendo que eu estava cheia de trabalho pra fazer, no entanto sabendo também que no fim tudo iria dá certo (E sempre dava certo além do que imaginávamos.).  Acredito que não foi por acaso, acredito que houve um dedo nessa seleção de sala para causar toda a nossa união. Sei que houve uns pequenos atritos, e  sei que tudo foi para nos amadurecer e nos fortalecer, e sei que não é nada que nós não possamos superar. 
      Aqui me despeço, agradecendo toda confiança que vocês me deram nesse período, toda força e incentivo com as letras, todo amor que derramaram sobre mim e todo o respeito, agradeço demais pelo respeito que durante esses 3 anos vocês tiveram comigo - nunca vi tanta diferença sendo respeitada em meio a convivência, isso ficará guardado. Essa é a minha sala a qual tanto encho de elogios, tanto choro e tanto defendo.  Obrigada, e só está começando  - lembre-se sempre disto. 
"Pois todas as coisas foram criadas por Ele, e tudo existe por meio dEle e para Ele. Glória a Deus para sempre! Amém" (Romanos 11:36)
3º ANO

 Glórias Aquele que nos uniu, pois a quem pertenceria o "dedinho" que nos uniu, se não dEle? Sou muito grata por ter vocês, e espero que Ele em Sua infinita graça me permita a encontrar e reencontrar com vocês. 

(OBRIGADA ESPÍRITO SANTOOO!!!! *-*)

Olhos fechados.

by 22:01
  

   Minha maquiagem é preta, um pouco esfumada, caprichei no uso do rímel e nesta noite é isso que você irá ver, pois não irei abrir os meus olhos. Sei sobre paradoxos, sei sobre os meus, sei sobre a primavera e o inverno e sei sobre a minha posição. Às vezes sei de mais, as vezes sei de menos. Deixa'eu fechar os olhos só essa noite. 
   Deixa'eu chorar só essa noite. Deixa'eu gritar só esta noite. Afinal, os meus olhos estão fechados e eu vou dançar, tudo está escuro, você percebeu? E eu vou dançar. Como é o meu vestido? Eu não sei, mas ele foi feito pra dançar, se tem corpete eu não sei, o tipo da costura muito menos, o vestido é pra dançar e não quero nem avaliar. Se os pés estão cansados ou não, se a postura tem classe ou não, meus olhos estão fechados e nesta noite você só verá o que quiser. 
   Há muito mais, subjetivo é o meu sobrenome e ele vai emanando sem pedir licença, nesta noite de liberdade ele prendeu-se na roda, em cada rodada, ahhhhh estou com os olhos fechados, você acha mesmo que eu irei me importar? Deixa lá! Se há alguma música, além das batidas do meu coração, já não sei, se acertei no tom, eu já não sei, foi improviso... 
    Lá vem aurora, caí no chão, não havia cansaço e lá estava paradoxos, subjetividade, palavras, dança e lá estava: eu, de maquiagem preta e de olhos abertos. 


(ObrigadaEspirítoSanto)

Escolha certa.

by 00:18
Trabalho: Teoria da cor. Noite sem dormir, peso de livro, mas recebo a minha recompensa:
a descoberta da escolha certa. 

   Quando eu tinha 6 anos pensei em ser a primeira mulher Presidente do Brasil, logo após me apaixonei por Pedagogia - o que dura até hoje -, mas com 9 anos comecei a me questionar em fazer Biologia Marinha, isso sem contar que já quis ser Química e Estilista (acho que sempre tive problemas na objetividade das escolhas.), no entanto o tempo passa e as profissões vão além das brincadeiras infantis, agora o jogo é a "vera". 
  Parece que com a entrada do último ano do Ensino Médio a mente começa a borbulhar, para mim que tenho certas dificuldades com "escolhas" isso aconteceu, e muito. O passo que você irá tomar de certa forma terá consequências fortes e sempre bate aquela dúvida crucial... E agora, como me definir? 
  No meu EM antes da faculdade precisei definir o meu técnico, mas antes do técnico a professora me pediu pra que eu definisse a faculdade. Durante este tempo tive que aprender a escutar outras pessoas e criar um equilíbrio: escutar as pessoas não significava que eu teria que ignorar o meu eu, mas sim que eu deveria analisar ambas opiniões. 
  Choveu Jornalismo. Choveu Comunicação Visual e Vestuário - para o técnico, depois de muito ouvir e pensar e repensar, botar na balança, escolhi a primeira opção e em conseguinte o meu primeiro passo ao mundo profissional: Comunicação Visual. E durante um mês de curso e alguns dias parece que todos acertaram e me fizeram escolher a coisa certa, não me esqueço de Milena falando: "Comunicação é MUITO você.", mas nada se compara ao que sinto deste "MUITO você."
   Um das melhores coisas que pode acontecer nessa vida é fazer o que gosta, é ter prazer em estudar aquilo e se dedicar. Obter amor ao que se estuda nos estimula a dar o nosso melhor, e mesmo quando tudo dar errado o amor que temos nos estimula a perseverar - e vim analisar isso ao estudar Teoria das Cores e perceber a minha gratidão ao escolher o curso certo. Não é porque é fácil que é prazeroso, mas é prazeroso porque há manifestação do meu interior nas matérias. A escolha certa me mudou.  
  Ainda quero Jornalismo, Letras, Teologia, quero Inglês, Latim e Francês... Há tantas coisas que anseio em fazer, tantos caminhos para andar, mas a melhor escolha é esperar em Deus e trabalhar, pôr a mão na massa, pois a fé sem obras é morta (Tg 2). Esperar pelo simples fato que a escolha certa no momento errado se torna errada. A caminhada se faz de passos e ele é dado aos poucos. 

  Para você que ainda não sabe o que seguir dessa vida, profissionalmente falando, pense com calma. O Sistema Brasileiro é falho nesta área pelo fato de tudo vir a tona no EM e ser quase obrigatório, por pressão social,  a Faculdade na saída da 3º série no EM, no entanto não pressione-se por isso, não vale apena, veja com calma e ponha tudo na balança (e lembre-se sempre: uma profissão que ganha bem não significa que é boa ou que é pra você.). Escute pessoas que te conhecem bem, no entanto saiba equilibrar a situação: Você x Povo. Ah, e escute e peça também orientação a Deus. 

  Obrigada à todos que me aconselharam batendo na tecla sobre Comunicação Visual. Estou satisfeita e feliz com ele. Rs. (Acho que deu pra perceber.) 
  E o post acaba de expor o motivo da minha ausência aqui. Rs. 

Um beijo, @nicksfun

(Obrigada Espírito Santo.) 


  

Só.

by 23:54
Полька Dot искусства обувь печати Паула McGloin | Society6


   É estranho, e como nunca gostei do normal acabo gostando do estranho. É poético, confuso e ao mesmo tempo vive-se um tempo de clareza através do silêncio. Não é engraçado, quem sabe mais tarde seja, mas hoje é profundo, é tudo veloz, mas o processo é lento... Só se verá no futuro breve. 
   Entendo que as lágrimas tem sido para regar, o que não sei que fruto dará. E o sensitivo tenta transcender e tudo fica além, além de onde posso tocar ou ver, ou sequer explicar. Tudo torna-se distante e poético, não deixando de ser complicado. Tudo encontra-se uma bagunça, quando o que se mais anseia é organização. Vida louca, vida. 
   Paradoxos e utopias, emanados exacerbadamente. Só no silêncio, somente só, e com a companhia de si mesmo. Pode parecer sombrio e frio, no entanto, é nesta solidão que  encontra-se uma virtude: a solicitude. Onde a alma presta atenção, e espera a escutar a voz de Deus, onde os gritos da alma ficam inexistentes, na solicitude o lugar sublime é alcançado.  

@nicksfun
(Obrigada-Espírito-Santo) 

Menina de alguém.

by 04:00


Enquanto entrava sorridente na lanchonete, meus olhos refletiam a verdadeira face das suas expressões. Para os que não a conheciam tão bem, parecia ser uma dessas meninas maluquinhas, irreverentes, cheias de coragem e dispostas a tudo por uma boa risada. Era talvez agradável de se ver e a convivência era sempre salpicada de piadas sem sentido que tornavam o nosso ar mais leve. Era uma mocinha bonita, e aquele sorriso que não lhe saia do rosto era seu melhor acessório. Mas depois de algum tempo, de muitas risadas espalhadas e muita amizade amadurecida, já tinha aprendido a contar os olhares e os disfarces. Ela sabia muito bem. Não me enganava mais.
E nem era tão difícil notar. Um pouco mais de atenção e seria fácil interpretar a forma despretenciosa como andava. Estava agitada, rindo um pouco mais que o necessário e ficando nervosa ao menor risco de ficar sozinha. Garota boba. Está com medo de pensar.
Quando me viu e sorriu de longe, pude ver todos os seus dentes e    pelos olhos    seu coração. Eu sempre a irritei dizendo que tinha olhos grandes demais, e tinha. Com ela passei a acreditar que os olhos são a janela da alma, e disso ela também sabia muito bem. Por isso o olhar nervoso, rápido, quase ríspido, que corria de qualquer correspondência externa possível. Do jeito que estava se entregaria mais facilmente que o normal.
E de repente meu coração se afligira. O que perturbara minha menina?!
Percorri em pensamentos todos aqueles motivos que poderiam machuca-la, principalmente os improváveis. Porque além de alegre era muito teimosa. Tinha mania de se recusar a sofrer pelas causas habituais de todo ser humano. "Perda de tempo" dizia. Mas não era... Não se perde tempo com as experiencias que nos constroem e transformam. E elas eram inevitáveis. E ainda que se escondesse, elas um dia encontrariam o caminho atrapalhado do seu coração.
E ele era tão pequeno.
Enquanto dançava sozinha ao som da banda (ela tinha mesmo essa mania de querer ser maluca, é verdade), entendi que ainda não seria por agora. Minha menina teria que sofrer para aprender a lidar com a vida. E por mais que sorrisse, que negasse, que fingisse, que forçasse, enquanto pudesse, as lágrimas viriam (talvez incontroláveis).
Porque a vida se constrói em golpes, minha menina. E ser moldado dói.
Ninguém disse que seria fácil...
Mas ainda quero estar aqui. Adivinhando o que você não me conta e te prestando o socorro que você precisa, no silencio que você tanto preza.
Estou aqui.

    Texto feito por Patricia Rodrigues inicialmente postado no blog Jeito de Expressar Mais um texto na categoria "Outra Voz" - categoria a qual será presente no Voo da Fênix todas as quintas-feiras. 

Problemas com o sono.

by 00:21

"Nunca vem na hora certa" - nada como definir meu dia em 6 passos.

    Tem uma pequena errata ao comparar com minha vida, mas enfim é basicamente isso, preciso dormir, mas estou aqui.  

@nicksfun, beeeeijos! :* 
(OES)

Marcas do bem, marcas do mal.

by 04:00
  Nenhum homem é uma ilha. Essa afirmação firma a ideia de que precisamos sempre de outro ser para completar nossa existência. Não se trata do amor Eros, aquele em que um ser sente-se atraído fisicamente pelo outro, resultando num amor romântico. As relações sobre as quais nos debruçamos, aqui, são aquelas pautadas na amizade, na cumplicidade e nos desejos e pensamentos afins quando as pessoas se encontram, se aproximam e firmam laços de amizade ou nos encontros que nos trazem tristeza e dor, mas que, de igual forma, nos fazem mudar de pensamento e postura.
  No primeiro caso, somos colocados em contatos com homens e mulheres que nos trazem lições de bondade e entrega para toda a vida. Os encontros com elas nos permitem a troca de experiências vividas, de lágrimas vertidas, das conquistas todas, dos sonhos frustrados, da renúncia de si em favor do próximo. Nessa partilha, somos “abençoados” com aquilo que jamais pensávamos ter e que vai além de bens materiais. Com elas, as palavras de Gonzaguinha ganham vida cada vez que pensamos: “É tão bonito quando a gente sente que nunca está sozinho por mais que pense estar”. Eu sou um privilegiado, sempre, pelos encontros que a vida me proporcionou, ao me colocar diante de “anjos” que trouxeram brilho à minha existência e que se tornaram meu alicerce, meu porto seguro, meu refúgio, minha inspiração. E, conforme cantava o mesmo Gonzaquinha: “aprendi que se depende de tanta e muita gente”. Por isso insisto em dizer que não há encontro por acaso, porque sei que tudo o que aprendi era exatamente o que faltava em mim e que essas pessoas sabiamente souberam, e ao seu modo, me ensinar.
  Por vezes, porém, somos postos à prova, quando as relações se dão com pessoas com as quais não dividimos nenhuma afinidade e que a todo o tempo parecem-nos ser uma ameaça a nossa paz e ao nosso caminhar. São aquelas que se satisfazem com nossa tristeza e derrota aparente, que não medem esforço para nos ver caídos e dependentes. Devo dizer que elas também nos são importantes, porque nos fazem lançar novos olhares sobre nós mesmos e sobre os outros. Essas pessoas nos ensinam a tolerância, a aceitação, o respeito, o perdão, a espera e nos fazem conhecer o processo de maturação.
   Cabe-nos, tão somente, pensar que assim como a primeira classe de pessoas nos fez tão bem, podemos nós, semelhantemente, lançar isso sobre outros. Antoine de Saint-Exupéry escreveu: “Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui outra. Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas não vai sozinho, porque deixa um pouco de si e leva um pouco de nós”. Daí a necessidade de nos preocuparmos em deixar marcas de alegria e paz naqueles que de nós se aproximam. Não importa se em algum momento fomos marcados de forma negativa por alguém: importa, sim, que desejemos fazer a diferença na vida de todos os que nos cercam no pouco tempo que a vida nos concede.

Texto feito por Gilmar Costa inicialmente postado no site Itapuacity! Mais um texto na categoria "Outra Voz" - categoria a qual será presente no Voo da Fênix todas as quintas-feiras. 

Um beijo, @nicksfun.                                                                       (OES) 

Minha identidade, aonde esta?

by 14:57
just like a rainbow


  Seus cabelos eram ruivos, rebeldes, incrivelmente bagunçados e igualmente lindos. Era como qualquer outra menina, perdão isto é um equivoco, se você olhasse no fundo dos seus olhos, se você parasse alguns segundos para olhar o seu sorriso, c
om aqueles dentes meio tortos, veria que havia algo especial nela, a diferença que brilhava através daquela garota fazia uma garota comum alguém extremamente especial. 
   Coberta de sonhos passava a noite muitas vezes em tamanha insônia, pois as suas utopias não a deixava fechar os olhos. Certo dia, Ana Júlia – este era o nome da nossa amada personagem – resolveu sair do seu eterno comodismo, pegou suas poesias, partituras pôs tudo na sua mochila jeans surrada e disse em alto bom som, não apenas para o mundo, mas também para o seu pobre coração. 
- Todos estes sairão do papel, no fim do dia dormirei com a sensação de missão cumprida e finalmente terei uma noite tranquila. 
     A vida da menina mudou, em intensa correria as coisas se tornaram, fazia sempre duas ou três – houve vezes que mais do que isso – atividades ao mesmo tempo, palavras de efeito soltava e nem as sentiam mais. No entanto, seu namorado sentia uma frieza outrora desconhecida.
- Amor, quando iremos nos ver? Sinto sua falta... 
- Não sei, Fê. 
- Tem que marcar na agenda antes, é? – deu meio riso irônico – 
    Sua mania de olhar para o relógio tornou-se sua marca, ela não via mais nada, apenas seus sonhos, apenas seu eu, e o egoísmo, um dos piores sentimentos existentes, a levou a inúmeros poços.
   Seu cabelo agora andava arrumado, suas letras agora dura e a melodia vazia, segundo ela era sinônimo de amadurecimento, no entanto sempre pensei que quando evoluímos é para melhor, enfim... Seu ego estava inflado, a vanglória tinha tomado conta de seu coração, saída com amigos, namorado, um tempo para agradecer? Isso não existia mais. O alvo ela tinha perdido, mas a cegueira não permitiu que ela enxergasse este fato. 
    E certa tarde um choque de realidade pôs seus pés de volta a terra. 
- Estou ligando apenas pra dizer que, bem, estou indo viajar, passar um tempo no Sul do país, recebi uma proposta de trabalho e vou mergulhar de cabeça, quem sabe isso me faça esquecer as coisas que não me faz bem lembrar. 
- Que tipo de coisa? 
- Coisas como você, pois se a mesma já me esqueceu, porque eu, logo eu, tenho que lembrar de ti em todo tempo? 
- Não me esqueci de você. 
- Mas não faz nada pra dizer que lembra, não codifico coração, bem que queria para vê o que anda acontecendo com você... Eu não conheço essa Ana Júlia – disse ele dando ênfase ao nome da garota. 
- Eu sou a mesma do principio, eu sou a mesma 
    Houve um silêncio, era como se Felipe deixasse a própria analisar como ia sua vida, ele não queria julgamentos, a propósito assim como ela ele era um nada, humano imperfeito, e julgamentos não era algo que gostava de fazer. Os celulares foram desligados, ela apenas pegou sua bolsa – na correria, seu novo natural, não conferiu nada, apenas saiu. Colocou a mão para parar um táxi, entrou e no caminho as lágrimas foram derramadas. 
     As cenas em sua mente eram vivas, mas distantes, o por do sol de novembro, a lua de janeiro, sentar, descansar e esquecer-se do tempo, apenas isso, olhar dentro dos olhos, sentir a brisa e amar um pouco – um pouco não, porque o amor nunca é demais – e o problema não era apenas com Felipe, talvez antes fosse deste modo, mas era com todos, até mesmo com seus pais, ela não sabia mais o que era um coração aquecido, um aconchego. 
    Chegou ao aeroporto olhava por todos os lados procurando uma cabeleira cacheada, mas não achava, isso aumentava seu desespero, ela queria recomeçar e estava disposta a começar isso dizendo olhando para os olhos dele. 
    Decidiu ir para o Sul, sabia que ele ia para a casinha que a família dele possuía lá Porto Alegre dois anos atrás a mesma tinha ido conhece-la. Chegou ao balcão com seus olhos vermelhos e cabeça em outro lugar. Respondia tudo rapidamente como uma máquina até que...
- Senhora, senhora... – disse a moça – Seus documentos, por favor. 
   A sua bolsa foi vasculhada, tirou tudo que tinha: dinheiro, cartão, maquiagem, agenda, canetas, fotos, livros, tudo... E baixinho proferiu a frase de duplo sentido que fez seu coração se partir mais um pouco, agora a realidade estava mais explicita para Ana Júlia.
- Esqueci a identidade em meio à correria. 



XOXO, @nicksfun
(OES)

Dedicado à Deus.

by 04:00
Um salmo.. 



Quem faz o sol do amanhã nascer?
Quem conhece o fim dos dias dos homens? 

Quem sonda o coração do homem e entende todas suas ansiedades?
Quem consegue decifrar a forte mensagem contida numa lágrima?
Quem sabe entender toda a frase quando apenas um sussurro é dado?
Não és Tu, Senhor de toda a Terra?



Tu fazes os mares permanecerem em seu lugar!

Tu fazes o sol brilhar e nos aquecer no inverno! 
Tu sabes todos os pensamentos dos homens! Sabes o quanto somos desesperadamente corruptos! 
Mas Tu também sabes o quanto podemos Te amar, verdadeiramente...
Tu conheces os nossos dias, todos foram contados em Teu livro e Tu sabes o fim dos nossos dias....
Tu tens nossas vidas na palma de sua forte mão e em Ti temos um abrigo seguro!



Tu és o nosso forte companheiro no dia mau... 

Tu és o nosso amigo na hora da tristeza...
Tu és aquele que entende nossas lágrimas...
Tu és a esperança, a salvação de que tanto ansiavamos...
Tu és o nosso encorajador quando os homens nos desencorajam...
Tu és o nosso auxílio nas horas difíceis, nosso instrutor no caminho da vida...
Tu és tudo o que precisamos e poderíamos desejar!


Sejam nossos dias dedicados a Te honrar até a vida aqui se passar... 
e então estaremos em nosso verdadeiro lar, para sempre.

Créditos à Samuel Oliveira. (Blogueiro do Não Morda a Maçã


Beijo, e até mais!!! Fiquem com Deus pessoas. @nicksfun 



(OES)

Verserjar

by 21:29
Fala muito com  pouco 
no subjetivo que vira objetivo. 
Ai, que saudade de ti, amada minha,
de congelar o tempo
de viajar pelo tempo
de brigar com o tempo. 

Saudades de embriagar-me de ti. 
enamorar em tuas linhas
esconder os mistérios desta vida, 
minha vida,
saudade de ti, amada minha,
querida amiga, poesia. 


SESI + SENAI = Nicole sem vida. ):  Saudades escrever... Beijos. @nicksfun

(OES)

Agosto de Deus.

by 00:00



 Agosto vem aí com seus 31 dias para me fazer crescer, chorar e rir. Agosto vem aí

   Para iniciar o mês temos já uma chuvinha de eventualidades, inclusive uma destas é o meu primeiro dia de curso - meu primeiro passo para minha vida profissional - o que inclui também um dos motivos do meu exílio de uma vida social para uma vida de cadernos, livros e... Só (segundo minha mãe), no entanto como diz um amigo meu: "Nesse momento você levanta a cabeça e age ao invés de falar." nessas ações vou incluir uma ação falada, vou agradecer antes de pensar em murmurar por todas as "expectativas" do mês - as quais já me acarretou consequências ainda em Julho. 
  Tenho passado por novas formações, e isso sempre dói de certa forma - não importando o nível da intensidade - de qualquer modo: só me resta agradecer. Creio em um futuro que o blog terá um layout novo, após o curso com sua grade linda de História da Arte a Web design, creio em futuras opiniões mais firmes em minha mente, de cabeça erguida e quem sabe tendo boas, novas, histórias para contar e sobre as lições que tirei destas.
  Tenho errado e feio com algumas questões, o blog tá neste quesito, foi uma pedrada e daquelas feias não ter publicado o texto do dia do escritor (no entanto mesmo atrasado minha cara de pau permite-me dizer: Parabéns a todos os amantes das letras!)... Mas agosto vem aí e todo mês novo tem sabor de tudo novo - algo que sou contra porque todo dia é novo... - e irei agradecer por isso. 
   Para não haver uma fuga total do tema - seguindo a lógica do título - mesmo com inúmeras expectativas sobre o mês, mesmo com minha imensa vontade de gritar, ignorando todo o meu eu, agosto será conforme o gosto de Deus, a propósito existe coisa melhor? Agosto é fim de inverno, é quase a chegada da Primavera (e como eu amo esta estação...) e nem os meus piores dias irão estragar isto: os passarinhos irão passar a cantar na minha janela, de novo. 

  Que nem precise chegar em agosto (pois só Deus sabe se iremos chegar até lá!) para que Ele possa Reinar em nossas vidas, que a nossa oração se modifique em cada manhã: os agradecimentos sejam mais constantes, as coisas as quais nos afastam dEle se dissipem. A bíblia fala que enganoso é o coração do homem, precisamos confiar nos planos de Deus, precisamos CONFIAR realmente e não fingir - isto evitará bastante coisa.


"Está imerso em Teu amor. Continuo assim a lutar.." 
@nicksfun

(OES)

No words, please.

by 00:44
Ignorar John aí no meio, claro, mas só tinha essa... Rs. 


    Acho que tudo tem o tem devido tempo há muito tempo atrás eu tinha posto em minha em fazer um texto para você, porém não tínhamos foto, e a foto que tiramos meu cabelo tá lá em cima, depois foi a falta de tempo. Hoje quando abrir o twitter, só de zuera, porque eu (nós) precisamos aprender aquela música AINDA vi você falando de algo e vi o porque da minha demora.. Ainda tinha o ajuste final. 
   Você não sabe o quanto foi difícil sair isso. 
  O que era just friday virou all week. Nosso relacionamento se resumia a resenhas de cantar Rebeca Black durante a sexta-feira e mais nada, mas depois as coisas foram se aproximando e o inglês, o CM, Brisa e Érica (as pequenas do poder) foram catalizadoras neste processo. Preciso te agradecer tanto. É fácil uma pessoa que nos derrube, ainda mais quando ela pode fazer isso, mas você não o fez, o oposto você me levantou, sua força vem de Deus porque acho que eu já teria desistido de mim mesma, porque sou lerdinha e etc, mas você não, sempre esteve disposto a puxar mais e mais e vê um resultado positivo em mim. 
  Peço desculpa porque talvez eu poderia ter feito mais e vendo o seu desabafo de hoje via twitter... Não foi fácil pra você, Pedro, e mesmo assim tu não desististes. Cara, tu tem tudo pra sambar na cara da sociedade e ser uma pessoa soberba, mas sempre está disposto a parar tudo e ajudar alguém, a se despir para ensinar, para doar tudo aquilo que tu sabe.. E você talvez não tenha noção o quanto isso pode inspirar alguém. 
    Como disse: não tenho palavras. Tenho a certeza que Deus não te botou na minha vida de forma vã, não te fez passar, seja lá o que passou, atoa e nem tudo que passa, porque o acontece com você tem impacto na vida de outros, seu esforço muitas vezes é visível. Obrigada por me apresentar: Faith overcomes the fear, ela tem sido de grande ajuda. 
   Aff, brow, é bom saber que temos pessoas como você, que não tem vergonha de ser feliz e dançar loucamente, rir e brincar.. Ser como uma criança e ter boas lembranças no baú, saber apreciar e saborear a vida.
    Acredito em você e tô na sua torcida, você merece as melhores coisas deste mundo por todo sempre. Me desculpe por qualquer coisa, qualquer momento que te fiz pensar em me matar.. Por eu ser tão cabeça dura - o processo é longo, quirido. hahaha. Eu te falo com toda a verdade: queria e quero escrever coisas bonitas, com ideias interessantes e palavras tentando traduzir tudo o que eu quero te dizer, mas só me vem uma palavra na cabeça: OBRIGADO. (DROGA, EU QUERO OUTRA PALAVRA, MAS SÓ VEM ESSA, DESCULPA..)

   Não desista do que você quer. Espero um dia escrever uma nota sobre você. Os químicos se segurem, pois tá chegando um louco por aí... 
GO! GO! VINCENTINOS!!! 

Mateus 14:22-33 me lembra a você. 

Obrigada E. Santo por Pedro em minha vida, por tudo. 

Eu não sei lidar.

by 00:43


Eu não sei lidar
Com toda a arte 
com todo verbo amar 
Com todo o futuro 
E o passado 
que de vez em quando insiste em desaguar. 

O ponteiro e o seu humor,
será que as nossas brigas ainda tem valor?
As despedidas
As cenas vividas
A saudade quando emana
Eu não sei lidar.

Os planos que viraram lixo 
O papel que não reciclou
A lixeira transborda e insisto:
economize, por favor. 
Nunca soube me expressar
muito menos lidar. 


Versinhos da madrugada. Nada como a frase antiga do about Lucas Silveira. Um beijo. @nicksfun 

E quem ei de agradecer? hahahaaha, porque mesmo eu sendo tão confusa Deus faz muitas coisas serem entendidas e explicadas. Obrigada E. Santo. 

Feijão do brasileiro.

by 22:47


  Sonho é morada para fugir da hostilidade, é cafuné, afago e consolo de mãe após o caos exibido no jornal. Casado com a esperança ele é a corda dada ao povo dia-a-dia e assim como o feijão é indispensável na mesa do brasileiro de tal forma o sonho é necessário na vida de uma sociedade. 
  Entretanto é de saber universal que não basta sonhar se não houver o desejo de mover os pés, pois o que dá a vida pode conceber a morte se estagnar-se no tempo. Eis que vos é apresentado os maiores inimigos do sonho: comodismo e medo estes submergem a vontade, o anseio da alma, e faz de quem atuava o espectador da própria cena. 
   Há quem diga que isto é coisa antiga, porém entre os livros mais traduzidos e vendidos ainda encontra-se Dom Quixote, o épico sonhador - e isso registra a necessidade do povo em sonhar. E em tudo este sentido se faz presente, não só no livro, seja no ato de votar do povo feminino, no voo de Drummond, direitos iguais e até mesmo a liberdade de expressão. O sonho é o ponto de partida no jogo de tabuleiro da vida. 
    O futuro se faz do passado e este se fez de utopias as quais um dia foram ditas como inatingíveis, mas seguindo o conselho de Mário Quintana isto não foi motivo para não querê-las, mas sim de correr atrás e determinar, alcançar usando a ponte que segundo Bernadinho, técnico da seleção brasileira de vôlei, é a disciplina. 
   A importância de tudo isso é dar ao povo um olhar para além do horizonte. E é válido recordar que o alcançar nunca é re nunca é real só, é proveitoso um auxiliador na jornada da vida, ou vários. Quando o egoísmo for imergido pela união das pessoas - a mesma que move as arquibancadas na época da copa - até a mais utópica frase, ordem e progresso, será concretizada. 


Nicole Antunes - minha prova de redação desta unidade, tema: A importância dos sonhos.
(Thanks Espírito Santo  :D) 

SC: Guidom

by 01:16
Image

    Preciso louvar mais a Deus pela vida dos meus amigos não só por eles serem eles (rs), mas também por expor seu maravilhoso gosto musical e assim me permitir conhecer bandas novas. Ano passado correria do CAI, semana da biblioteca/primavera do colégio passávamos mais que o normal no colégio e chegávamos bem cedinho - o que nos fazia ganhar mais intimidade. E conversa vai e vem surge a conversa: 
- Poderia ser cantado Crombie, já ouviu falar? 
- Já, já. 
  Mas nunca tinha parado realmente para escutar, depois de mil anos (amo uma hipérbole) parei para refletir sobre.


Eu sigo certo na contra-mão
do meu desejo equivocado
Passei no meio da confusão
andando sempre orientado

Eu não pedalo sozinho não
quem foi que disse que eu controlo meu guidom?

Quem me guia é quem me fez
e eu vivo um dia de cada vez
Que é pra eu não me perder
nem me equivocar no meu querer
Quem me guia é quem me fez
e eu vivo um dia de cada vez

Deixo pra trás
a vontade de desistir
Trago comigo
a esperança no porvir
e a força pra prosseguir
"Gostamos de poesia e buscamos um olhar sensível pras questões mais comuns do dia a dia" Paulo Nazareth (Vocal/Violão da banda) 

   Poesia + Cotidiano = Usar de covardia pra cima de mim. 

Enfim ainda há uma música de qualidade no Brasil - é só procurar e achar antes de murmurar o dia todo esculhambando tudo, buscando somente no estrangeiro e dizendo que somente o passado nos prestou - bandas como Crombie estão aí para provar isto. 

E termino por aqui com a sensação de que não só devo louvar mais a Deus pelos meus amigos mais também por bandas com essa! 

Beijo, @nicksfun

(Obrigada Espírito Santo) 

Vou pela fé.

by 23:25
 

 Nas últimas semanas escutei/li muito e falei (pouco) sobre "Viver a cada dia." e lendo mais sobre este assunto e colocando no contexto da história a qual nós vivemos uma simplificação desta frase seria: ! Eita, palavrinha que é pequena, mas com um significado tão intenso a todos - e que anda em falta na despensa.
   Temos uma mania em querer saber do futuro, ou até mesmo dizer que sabemos, muitas vezes nos desesperamos por tragédias que "dizemos" estar prevista a  acontecer e talvez por lermos tantas histórias criamos uma imaginação tão fértil para conceber emoções de coisas que nem ainda se aconteceram, finais felizes - a nossa maneira, claro, pois somos egocentristas - ápices históricos, momentos infelizes,  arrancando-nos assim "paixões" precipitadas, choros desnecessários, "euforias" e dores de cabeça... Aquela que vai ao âmago da sua alma e compara-se com não sei lá o quê - não achei uma boa analogia, desculpa. Isso tudo é ser precipitado, impulsivo e  algumas vezes pode ser considerado como falta de fé e outras masoquismo - e isso talvez possa ser posto na mesma linhagem. 
   Nessa semana tive uma oportunidade de colocar minha fé em prática e após tantas vezes bater com a cara na porta, acho que, pela graça de Deus, aprendi. Tudo estava dando errado e eu ia orando para para que "PUFT" as portas ou janelas se abrissem e algo por fim desse certo, MAS não é do meu jeito que as coisas são concretizadas, mas sim do de Deus - Ele é soberano e lembrem sempre que os pensamentos dEle são de paz e não de mal (Jr. 29:11). Então chegou uma hora que eu comecei a ficar mais calma, pois eu comecei a pensar "Vai dar certo porque eu sei que Deus não faz nada errado e mesmo que eu não entenda vai dar certo." percebo que quando não acontece o que eu imagino sempre aprendo com alguma coisa (mesmo quando dói e choro feito criança, sempre é posto na bagagem um aprendizado!). Resolvi então confiar, orar e fazer minhas coisas e a paz tomou conta de mim (isso é algo sobrenatural.. Não me desesperei! Ufa!). 
  E mais uma vez o Senhor me amostrou que Ele é um Pai que foge de todo entendimento, que é perfeito e que cuida de cada detalhe, o dia passou e fui preparada para o veredicto, fui orando, as vezes oscilante, mas me firmava no primeiro pensamento e por fim: tudo deu certo! De forma magnífica. Minha dor de cabeça fora desnecessária, a noite mal aproveitada também. Deus cuida de tudo! 
  Preciso confiar em Deus, mesmo no escuro - pois isto é fé; preciso obedecê-lo e atentar meus ouvidos a Sua voz. Anseio ter mais fé e menos ansiedade, mesmo que o mundo instigue que eu viva tudo de uma vez só. Para todas as coisas há um tempo e não sou eu que irei atropela-lo. 
   Viver a cada dia nos parece uma loucura sem tamanho, porém é revigorante, demora a entender - mas é válido tentar a cada dia isso - a bíblia fala que a cada dia tem o seu mal (suas próprias preocupações) Mt 6:33-34, então para quê pegar o mal da semana toda e ficar angustiado? Temos tão pouco tempo e o que ainda temos desperdiçamos e o pior é que só nos damos conta quando algo "infeliz" nos acontece. Pense, reflita e viva. Tenha fé. 

É de suma importância guardar na mente e no coração que nós possuímos uma visão, e imaginação, limitada, porém Deus vê além do que nos é permitido. 

   Quando confiamos, andamos pela fé, e entregamos ao Senhor consequentemente a paz que excede todo entendimento toma conta do nosso coração. (Fp 4:6-7)! 

A música fica por conta de vocês! ;) 

Beijos, e aos poucos tentarei voltar, @nicksfun.  (Obrigada Espírito Santo *-*) 


Ainda não é o último.

by 17:26
Large

   Cada vez mais aproxima-se de mim os meus adoráveis 18 anos - e eu tenho a plena consciência que 'quase' nada muda - oficialmente alcançarei a maioridade, farei algumas coisas que precisam ter isso testificado no papel - e por isso não vejo a hora de chegar, no entanto juntamente com todo o meu anseio vem toda a responsabilidade... 
     Tudo que já era um conflito, um paradoxo e sentimentos inexplicáveis se intensificam - não pela idade, mas por uma saudade do tempo o qual nunca vivi - e foge do nosso controle segurar essas emoções. Em algumas frações de segundo do colégio para casa quando a fome já está chegando de repente vem utopias de um futuro bom, formação, "adeus SESI", todos os meus planos e na estrada de realizar meus sonhos. 
   Ao chegar em casa, liga o computador - ou qualquer outro meio de comunicação - e logo recebe mensagens do tipo "volta para o seu mundo.", no entanto já não vê mais lógica em assuntos que são totalmente desnecessários, se ver presa a algo que nada lhe acrescenta, também não diminui, mas bem que poderia estar fazendo outra coisa... Sem dúvidas mais interessantes do que aquilo. 
   Ter alguém em seu ouvido: "Você precisa rever suas prioridades" e pensar "Minhas prioridades não são essas.", sentir que é tempo de escolhas, de seriedade e de definição, sentir que está perto do futuro, mas como não chegou até lá, tem que segurar-se na cadeira por alguns minutos. 
  Ver que o que lhe pedem, não é o que tem em mãos, ver que tudo já perdeu a razão. Vê que o mundo clama por uma libertação, e inegavelmente você pensa em  mudar o mundo, mas antes precisa revisar o assunto do seminário... Navegar por músicas, séries, livros e filmes e querer pegar o próprio navio e fazer toda uma navegação. 
  Passado, presente, futuro - e todos os outros tempos verbais ensinados no fundamental. Me bagunça, me atina, submerge-me, trás a saudade, ansiedade, preocupações. Certa vez ensinaram-me que devo viver um dia de cada vez, ensinara-me que para todas as coisas há o devido tempo e isso funciona como uma âncora ao amanhecer. Nunca é fácil, mas também não é impossível. Então a gente a ponta para fé e rema, rema, rema.. Sabendo que já valeu apena. 

I &TIME - War almost eternal! Rs. 

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei."
Mateus 11:28

SAUDADES!!! 
(Obrigada Espírito Santo) 

Tecnologia do Blogger.