Still you made a way


 Há alguns dias essa música Here in my life tem me deixado feliz/triste/esperançosa, um misto de sensações, tudo ao mesmo tempo. Essa frase em especial tem me deixado louca "Still you made a way" (Mas você fez um caminho.). Hoje aos 21 anos nitidamente não tenho a vida que sonhei na infância, e também não tenho a vida que projetaram em mim, as vezes (leia quase sempre) me pego frustrada desde a pequena a grandes coisas, por atitudes que não tomo, me frustro pela minha idade e o quanto as coisas vão se tornando mais difíceis aparentemente com o tempo. Eu olho para mim e vejo neblina por cima de neblina, vejo uma bagunça interminável, sinto me tão inútil ao olhar para as outras pessoas e as vendo se desenvolver e olho para mim a coisa mais nítida é a nuvem de fumaça que me cobre. Tenho andando em crise, tenho me rendido ao trocar minhas orações por frustrações, tenho deixado a ansiedade me subverter. 


Então essa música surgiu para mim. Uma música antiga e com letra simples. 

Still You made a way
You're my freedom
Jesus you're the reason
(...) 
Where would I be without You
Here in my life, here in my life?

  Quando eu penso nesse caminho que Jesus nos fez, me fez, é como pensar no trabalho concreto na feitura de uma estrada, a dureza de pegar uma enxada e sol após sol capinar, deixar a terra plana, para que eu anos depois de anos passar. Imagino o trabalho árduo feito pelas mãos dEle e eu fico "maluca" quando escuto porque isso me faz eu me questionar:

Por que está abatida, oh minha alma? 
É só andar, Ele fez um caminho pr'eu andar!

  Os tempos tem sido cruéis para a minha mente, tem sido degradante, mas nada se compara ao caminho que Ele me fez. Como eu posso me estagnar diante de Cristo? Tem dias que minhas orações parecem não ser ouvidas, o teto parece de ferro, bronze ou seja lá o que for, minhas palavras logo se perdem, se embargam e durmo mais cedo. Contudo quando volto para essa música lembro de um caminho que era inabitável por mim, intimidade de pai e filha era irreconhecível porque havia um abismo entre eu e Deus, mas tudo se desfez no ato na Cruz, quando Cristo tomou a Cruz Ele tomou sobre si o peso que eu levava, tomou a minha escravidão e a tornou em liberdade. E isso nunca foi porque eu fiz direitinho o dever de casa.

  Quando as minhas orações aparentemente parecem não ser escutadas, e como se Deus sequer me amasse e a minha mente produz mil e duas loucuras para que eu abaixe minha cabeça, me envergonhe e me ache indigna de me sentir bem, então essa canção me faz lembrar que Cristo é a razão para que eu tenha uma liberdade e ande no caminho - o próprio se fez o caminho por mim - e tenha intimidade com o Pai, embora as vezes pareça ser difícil o pior Ele já fez por mim o que me resta agora é insistir, pois o meu fardo Cristo tomou por mim. Ele me escuta, me ama, e minha mente pode sossegar.

  Meus planos ainda não se concretizaram, a minha vida é uma bagunça, há neblina em mim, mas há uma razão sobre todas as minhas problematizações para continuar a viver. Há um respiro de alívio, há um silêncio quando tudo se fez caos, há um "continue" quando tudo que quero é parar, tenho um lugar para olhar quando tudo se torna diluído e confuso. Aquelas mãos perfuradas, aquelas cicatrizes, aquela lança na barriga, ter saído do seu tempo e entrado nesse caos de mundo que tem dia que não suporto mais, ter passado por dores, foi por minha causa, foi para fazer um caminho para mim, Ele me amou. Ninguém pode apagar isso. Nem o meu pecado, minhas promessas não cumpridas, minhas orações vazias, meus socos e desistimentos, nem minha ansiedade, nem minhas crises de choro, nada pode apagar o caminho e a liberdade garantida naquela Cruz! É inacreditável, mas pode acreditar! (rs)

Embora esteja díficil aos meus olhos
você venceu por mim
eu vou continuar 
porque teus olhos me viram
e há amor neles
- mesmo você conhecendo o meu coração. 
Não tenho como entender.

Você foi e não me deixou só
o Teu Espírito habita em mim
embora haja caminhos de morte
Tua presença é o meu consolo e 
minha fortaleça. 
Não vou desistir 
Você venceu por mim.
E anda comigo
Está comigo
Para sempre.
Não existe outro amor assim.

Beijos, Nicole Antunes.

Obrigada Espírito Santo por não desistir de mim. 
Obrigada Espírito Santo por usar palavras quando eu não consigo dizer nada.
Obrigada Espírito Santo por me entender, embora eu não me entenda.

Prince of peace (mas daí isso já é
 outra música, pra outro dia... haha)

Um comentário:

Obrigada por ler o texto sinta-se a vontade ao comentar.

Tecnologia do Blogger.